Serviços
 
   
   
   
 
    Home
 
     
 
Nome:
 
   
 
Senha:
 
 
 
 
 

Bruno Faria - Projetos e Consultoria

Otacílio Costa – SC
Avenida James Robert Amos, 124
Poço Rico – CEP 88540-000
Fone: (49) 3275-2823

 

 

A iluminaÁ„o certa para cada ambiente da casa
Quando se trata de luz, n√£o existe certo ou errado, mas sim o efeito mais adequado para cada ambiente e situa√ß√£o. Algumas aplica√ß√Ķes trazem melhores resultados no interior das resid√™ncias do que outras. Para ajudar a decidir qual √© a melhor op√ß√£o em cada ambiente da casa, temos a seguir algumas dicas:

Sala de estar: Pelo fato de ser um dos ambientes mais frequentados em uma casa, a sala deve contar com ilumina√ß√£o agrad√°vel e flex√≠vel, capaz de ser alterada de acordo com cada situa√ß√£o. O primeiro passo √© estabelecer a luminosidade geral para o ambiente. Neste caso, a sugest√£o √© utilizar luz direta por meio de arandelas, lustres, pendentes, colunas ou abajures de c√ļpula transl√ļcida, que iluminam de maneira agrad√°vel; ou indireta com o uso de sancas, evitando, assim, o ofuscamento. O segundo passo √© a criar uma ilumina√ß√£o de destaque para real√ßar itens importantes da decora√ß√£o, como quadros ou objetos de cristal em estantes. Nesse caso, podem ser utilizadas lumin√°rias embutidas orient√°veis com l√Ęmpadas hal√≥genas, de modo a proporcionar uma superf√≠cie iluminada, mas √© importante evitar a instala√ß√£o sobre sof√°s e assentos, para n√£o causar desconforto por ofuscamento direto.

Sala de TV: √Č importante cuidar para n√£o haver ofuscamento direto ou indireto na tela. Para isso, √© necess√°rio utilizar ilumina√ß√£o linear de forma assim√©trica, ou seja, centralizada no teto, al√©m de um sistema que embute a luz no piso para ilumina√ß√£o de encaminhamento. Para esse ambiente n√£o h√° necessidade de muita luz, apenas o necess√°rio para a circula√ß√£o.

Cozinha: Utilizar ao m√°ximo a luz difusa para evitar reflexo, principalmente no piso. No plano de trabalho, na bancada da cuba e nas √°reas de apoio, a ilumina√ß√£o pode ser instalada na base dos arm√°rios, com l√Ęmpadas hal√≥genas embutidas. Para a ilumina√ß√£o geral podem ser utilizadas l√Ęmpadas com temperatura de cor fria (apar√™ncia branca azulada), pois estimulam a aten√ß√£o para evitar os pequenos acidentes dom√©sticos.

Banheiros: √Č importante ter cuidado com a ilumina√ß√£o de espelhos, por isso √© fundamental o uso de luz difusa, posicionada nas laterais ou sobre eles. L√Ęmpadas que geram pontos focais direcionados n√£o s√£o recomendadas, pois ocasionam sombras. L√Ęmpadas fluorescentes tubulares com elevado √≠ndice de reprodu√ß√£o de cores podem ser utilizadas embutidas com difusores em acr√≠lico ou vidro leitoso, emitindo uma luz uniforme e sem ofuscamento.

Dormit√≥rios: A ilumina√ß√£o deve ser geral, difusa, uniforme e com bom controle de ofuscamento. √Č interessante prever uma ilumina√ß√£o de cabeceira, com lumin√°rias em cima do criado-mudo. Esta luz pode ser indireta por meio de uma sanca ou nichos iluminados tamb√©m chamados de cortinas de luz. Para os dormit√≥rios a temperatura de cor ideal √© de at√© 3000K (luz ¬ďquente¬Ē, de apar√™ncia amarelada), pois causam a sensa√ß√£o de relaxamento e conforto aos usu√°rios.

√Č importante que o consumidor atente-se, tamb√©m, √† pot√™ncia consumida de cada l√Ęmpada e escolha produtos de proced√™ncia confi√°veis.

 
Desenvolvido por
Uma empresa do Grupo