Serviços
 
   
   
   
 
    Home
 
     
 
Nome:
 
   
 
Senha:
 
 
 
 
 

Bruno Faria - Projetos e Consultoria

Otacílio Costa – SC
Avenida James Robert Amos, 124
Poço Rico – CEP 88540-000
Fone: (49) 3275-2823

 

 

SoluÁűes para os problemas mais comuns de infiltraÁ„o
Infiltra√ß√Ķes severas causadas pela m√° ou pela falta de impermeabiliza√ß√£o podem danificar a estrutura do im√≥vel. Quando uma habita√ß√£o n√£o √© impermeabilizada, est√° sujeita a incid√™ncias de umidade. A penetra√ß√£o indesejada de √°gua no interior de uma casa, por exemplo, pode causar a forma√ß√£o de mofos, efluoresc√™ncias, degrada√ß√£o de argamassa, entre outros, gerando, al√©m de desconforto est√©tico, problemas respirat√≥rios e alergias.

A necessidade da impermeabilização na construção civil existe porque os materiais empregados nas obras - concreto, tijolos, argamassas, entre outros - são porosos por natureza e, por isso, permitem a penetração da umidade. A impermeabilização garante a qualidade, durabilidade, conforto e salubridade do imóvel e deve ser feita em áreas frias, nas varandas, piscinas, reservatórios e todas as outras que estão sujeitas à penetração da umidade, seja ela sob a forma líquida ou vapor.

Para garantir que um im√≥vel esteja seguramente protegido contra esses problemas, basta providenciar um bom projeto de impermeabiliza√ß√£o juntamente com os demais projetos executados da obra. Por√©m, se a obra est√° pronta e a grande ocorr√™ncia de chuvas ou o clima frio do inverno provocam preju√≠zos inesperados, j√° existem no mercado op√ß√Ķes de impermeabiliazantes para reparos imediatos e produtos adequados para cada tipo de problema. Confira abaixo algumas solu√ß√Ķes para os problemas mais comuns de infiltra√ß√£o:

Esquadrias e portas - √Č muito comum a passagem da √°gua entre parede e esquadrias. Normalmente, esse problema est√° relacionado com a qualidade e o tipo de esquadria utilizada, com a m√£o-de-obra da coloca√ß√£o ou com os detalhes arquitet√īnicos da obra. Uma boa solu√ß√£o emergencial para evitar esses problemas √© calafetar com um bom selante as √°reas prov√°veis de infiltra√ß√£o. Exemplo: trincas e fissuras nos cantos dos caixilhos, as interfaces entre parede e caixilho, ou entre o vidro e o caixilho. Em superf√≠cies de metal, concreto e alvenaria, √© aconselhado o uso de selantes a base de poliuretano e, para vidro, os selantes de silicone.

Calhas - Se o problema √© ocasionado pelo dimensionamento da calha, n√£o h√° uma solu√ß√£o imediata. Nesses pontos geralmente o usu√°rio esquece a necessidade constante de manuten√ß√£o. Ou seja, √© importante manter as calhas sempre limpas e desobstru√≠das. Esse cuidado ajuda muito a evitar os problemas de transbordamento de √°gua durante as fortes chuvas. Se ap√≥s a limpeza concluirmos que o problema √© a impermeabiliza√ß√£o, uma boa dica √© verificar se n√£o h√° problema nos pontos de arremate dos ralos ou nas outras √°reas cr√≠ticas. Como exemplo o destacamento de rodap√©s, juntas, algum dano, etc. Lembre-se sempre de executar os reparos com o mesmo sistema impermeabilizante utilizado originalmente. Se o problema persistir, a √ļnica solu√ß√£o √© quebrar e refazer a impermeabiliza√ß√£o, seguindo as boas pr√°ticas executivas rigorosamente.

Lajes - Vazamentos e infiltra√ß√Ķes em lajes √© um problema muito comum. O ideal √© seguir as mesmas recomenda√ß√Ķes indicadas para as calhas, considerando que a √°rea j√° tem uma impermeabiliza√ß√£o. √Č recomend√°vel limpar os ralos, checar os arremates da impermeabiliza√ß√£o nos pontos de ralos, rodap√©s, juntas e arremates em geral e tentar fazer reparos localizados, como medida paliativa. Mesmo para esses procedimentos imediatos √© importante requisitar ajuda de um profissional qualificado. N√£o h√° como garantir a efici√™ncia. Feito os reparos, √© muito importante uma an√°lise melhor da √°rea para que seja executado um trabalho definitivo.

Paredes e rodap√©s - N√£o h√° paliativo que resolva os problemas nessas √°reas da obra. Deve-se fazer uma an√°lise e partir para o servi√ßo definitivo. A falha da impermeabiliza√ß√£o dos baldrames s√£o as causas mais comuns de problemas nos rodap√©s, conhecida como umidade ascendente, porque a umidade existente no solo tem a capacidade de ascender, ou seja, subir atrav√©s das paredes, podendo alcan√ßar alturas at√© um metro, dependendo da intensidade de umidade do terreno. Duas solu√ß√Ķes podem ser adotadas neste caso, de acordo com o tipo de parede:

Com tijolo maci√ßo - Injetar um produto cristalizante, de base mineral. Em contato com a √°gua, ele forma cristais s√≥lidos e insol√ļveis, cansando o "entupimento" dos poros dos tijolos e barrando a ascens√£o da umidade. Essa solu√ß√£o √© definitiva.

Com tijolo de alvenaria furada - Aplicar argamassa polimérica três vezes (três demãos) sobre a parede previamente preparada. Esse produto deve ser aplicado em altura de, no mínimo, 1,5 metro acima da manifestação da umidade, dos dois lados da parede.

Aterros e escava√ß√Ķes - √Č comum encontrarmos umidade nos ambientes causada pela presen√ßa de terra do outro lado da parede. √Č um problema bastante comum que muitos usu√°rios enfrentam com o vizinho, porque construiu a casa dele num n√≠vel de terreno acima do n√≠vel de sua casa, ou que o usu√°rio cria para si mesmo, quando faz escava√ß√Ķes para construir uma garagem, deixando as paredes em contato com a terra. Para ambos os casos, vale a mesma solu√ß√£o: aplicar argamassa polim√©rica pelo menos tr√™s vezes (tr√™s dem√£os).

 
Desenvolvido por
Uma empresa do Grupo